Pular para o conteúdo principal

Cordão Negro - meu ebook em andamento no Wattpad

Isso ai galera! Lá no meu Wattpad, iniciei um e-book ainda em construção, como resposta a um desafio feito por duas amigas. A proposta é o seguinte, peguei o conto "Cordão Negro", e com ele eu teria que fazer uma estória maior. Livro digital.

O mais legal disso tudo, é que qualquer um pode me dar palpite sobre o destino dos personagens, até porque o final não foi escrito. 

Ficou curioso? Meu Wattpad é: http://www.wattpad.com/user/alceman
Tem Wattpad? Me adiciona (se quiser é claro, rs)

Sinopse do ebook:

Dizem que policiais e manifestantes são inimigos naturais. Mas dentro desta confusão de bombas ecortinas de fumaça, duas almas estão prestes a se encontrar.
Melissa Ludwig é uma ativista anarquista engajada, que acredita poder fazer a diferença no mundo, nem que para isso tenha que enfrentar o poder e a ordem utilizando a tática Black Bloc.
O sargento Murilo Batti, é um policial do BOPE, com um passado obscuro, que viu sua tropa de elite serrelegada a um mero apoio em meio as manifestações.
Qual o resultado do encontro de almas tão diferentes? Um sentimento que vai romper barreiras ideológicas e preconceitos. Debaixo de cada farda, por traz de cada máscara, um coração clamapor atenção.

Link para ler: http://www.wattpad.com/story/30430877-cord%C3%A3o-negro-em-andamento

Abraços e até o próximo post!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Relação abusiva – Relato real de um homem.

Predadores não escolhem suas presas por gênero. E sim! Eu sou um homem, já fui vítima de uma relação abusiva e este é um relato real. Relato que ponderei muito antes de escrever e até mesmo tornar público, não só pelos envolvidos, mas também por mostrar um ponto fraco... uma fragilidade pessoal.
Cheguei à conclusão que não poderia ficar quieto depois de ser procurado eletronicamente por um grupo considerável de pessoas, predominantemente mulheres, que me relataram todo tipo de abuso, começando pelo emocional, físico e também sexual. O que todos tinham em comum? Esses abusos foram praticados por seus parceiros, ou parceiras.

Cordão negro

[*]Texto originalmente escrito como roteiro para um curta, que nunca cheguei a gravar. Adaptado como crônica, baseado nas manifestações que antecederam a copa no Brasil.pay per click


Em meio a uma espessa fumaça e sons de explosões, uma figura vestindo uma máscara de gás corria desesperada em busca de abrigo. Sem conseguir enxergar direito o que tinha pela frente, o sujeito entrou de forma abrupta na primeira porta que encontrou aberta. A porta principal de um pequeno edifício comercial.
Apesar de parecer uma causalidade, o indivíduo não estava em um lugar estranho a si. Na verdade era muito familiar, ele já esteve ali antes. Se sentia seguro, longe das bombas, de todo aquele gás e da confusão que estava fora do controle.
Ele encostou na parede, e se deu ao luxo de respirar fundo por alguns segundos. Em paz, como se não houvesse o caos que há lá fora, sozinho…
Não tão sozinho…
De súbito o sujeito percebeu que não está exatamente só. Ali também, protegido da fumaça, um PM do batalhão e…

O amor é uma escolha! E isso é maravilhoso para você...

Eu acredito de verdade no amor! Confesso que sou o típico romântico incorrigível, do tipo que faz planos e tenta fazer do dia de hoje o dia mais especial da vida de alguém. Mesmo depois de sofrer toda sorte de decepções, porque essa é uma consequência possível de todo romance, ainda insisto em levantar a cabeça, seguir em frente e continuar me apaixonando pela vida, pelo dia, pelas flores e também, por que não (?), por pessoas.
Eu já acreditei naquele amor do Walt Disney, perfeito, predestinado, ardente, quase mágico... Mas, com o tempo nós vamos descobrindo que quando se trata de sentimentos, é necessário evoluirmos nossos conceitos. O amor existe, mas não é necessariamente cego, nós é quem confundimos ele com outros sentimentos.
O amor é muito mais bonito e forte, por dois motivos que explicarei mais à frente nos tópicos. Primeiro, ele é uma das características mais forte de todas as relações, a ponto de nos melhorar como pessoa. E o segundo motivo, embora não pareça, o amor não é…